terça-feira, 21 de junho de 2011

Legalização ou Regulamentação da Maconha;

A necessidade humana de suprir anseios afins de divertimentos e curiosidades estará sempre em metamorfose.   Jovens de todo o mundo buscam, cada vez mais, satisfazerem seus desejos, sempre buscando algo maior e de preferência inusitado, onde isso irá parar? O homem que se diferencia do animal por sua racionalidade e capacidade de escolha e liberdade, muitas vezes escolhe caminhos capazes de tirar seu próprio livre arbítrio. Qual o objetivo de legalizar uma droga ilícita se a juventude não possui uma base educacional nem moral para usá-la de forma consciente?

Jovens constantemente em busca de prazeres imediatos agregam as drogas ilícitas, muitas vezes levando a um caminho sem volta, que é dependência química, estraçalhando famílias, fragilizando a sociedade. Uma dessas drogas é a maconha: são folhas secas da Canabis Sativa, a droga por ter efeitos baixos de acordo com a dose usada é causa de grandes discussões, pois outras drogas lícitas trazem em certas ocasiões mais prejuízos a saúde do que doses moderadas da maconha. O álcool e a nicotina por serem legalizadas e de fácil acesso vem causando problemas aos setores de saúde pública por muitas vezes serem usadas de forma inconsciente. Além de serem uma ‘porta de entrada’ para outras drogas.

Os números crescentes de usuários da maconha tentam alertar a população para os benefícios da legalização ou regulamentação dessa droga: Controle por uma parte do tráfico, diminuição da curiosidade dos jovens tornando-a legal, fortalece o mercado com os impostos adquirido pelo governo, entre outros.  Porém as margens benéficas de parâmetro são exercidas em países de primeiro mundo, como Holanda, onde há uma fiscalização rígida e um espaço geográfico significativamente menor que o Brasil, facilitando esse trabalho. 
Grande parte dos jovens brasileiros não possuem educação de qualidade para que usem tal droga com consciência, o que garante que mesmo com a sua legalização ou regulamentação não haja mercado ilegal, vendas clandestinas?  Além dos altos prejuízos que podem causar no futuro para os setores de saúde pública.

Acreditando ser uma utopia de satisfação e fuga instantânea de problemas emocionais, a droga é usada por jovens e adultos. Caracterizando uma das saídas para o prazer rápido, porém enormes serão as consequências trazidas por tal, se usada de forma errônea e irresponsável. A legalização da maconha seria também a aproximação para outras drogas ilícitas serem da mesma forma ‘bem vistas pela sociedade’. São necessários melhorias e investimentos maiores por parte dos governantes aos meios de base para tal decisão: Sistema de educação, saúde e segurança pública. 

"Até quando será necessário suprir, muitas vezes de forma irresponsável, os anseios de uma sociedade que cada vez mais vem perdendo valores morais?" 

15 comentários:

  1. É um assunto muito sensível mesmo.
    Eu mesmo ainda não reflexionei o suficiente sobre ele para ter uma opinião firmada e embasada.
    Ainda preciso estudar os argumentos dos dois lados para tomar partido de um deles.

    O problema com a maconha é que ela é uma porta aberta para outras drogas mais poderosas.
    Uma vez não alcançando os efeitos iniciais, naturalmente o usuário procurará outras drogas que o faça senti-los novamente.

    Ademais, se algo ilegal já causa tantos malefícios pessoais, físicos, mentais e morais, imagine legalizado, onde as pessoas nunca serão totalmente conscientes dos critérios e limites do uso.

    Eu pessoalmente gosto de ser senhor de mim mesmo.
    Nada que me faça perder o controle sobre mim me atrai, seja isso álcool, cigarro, drogas alucinógenas...
    Nem café ey tomo, pois causa dependência sim.

    O assunto será mais discutido e espero que se ache a solução mais coerente e sensata para isso.

    Um beijo.

    ResponderExcluir
  2. Assunto complicado esse, né ?! Eu sou a favor da legalização e sei que enfrentaremos diversas situações pois não temos nível educacional, não temos segurança, temos uma área geográfica enorme etc.. Por outro lado, o Brasil está evoluindo, vamos passar por problemas, mas temos que enfrentá-los!! Só assim, nosso país vai ser um pouquinho melhor, enfrentando os problemas de frente !!!!!

    ResponderExcluir
  3. Eu no começo na primeira manisfestação que ocorreu todo aquele falatório, achei um absurdo legaliza a maconha agora o que falta? Legaliza assalto como profissão...
    Realmente estava sendo muito sem noção rs...
    Pois esses jovens e adultos estão lutando por algo como o cigarro por exemplo que também é uma droga, mais enfim... aina estou em cima do muro..
    Concordo com você Mari perfeitamente...
    Ainda não tenho uma pinião 100% devinida...
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  4. Concordo, acho que a legalização é um bom caminho. Porém não agora para o Brasil temos problemas maiores para ser resolvidos e que o governo por si só já não dão conta. Imagine um investimento em fiscalização, não fiscalização em coisas mais simples, pessoas aqui no Brasil somem.. são levadas para outros e feitas de escravos (sexualmente e mão de obra) e não há fiscalização nas fronteiras.
    Eu acho que um legalização como essa aqui no Brasil, nesse momento em que as pessoas nem possuem consciência no seu próprio voto seria um tipo no pé.
    Temos que ser realistas :(
    Mas obrigada por comentarem.

    ResponderExcluir
  5. Concordo com você Mari, "temos problemas maiores para ser resolvidos" essa não é mesmo uma prioridade.

    Mas penso que a proibição nunca impediu ninguém de beber, fumar, cheirar , injetar. Dos que usam drogas, 2% abusam delas e passam a figurar entre os dependentes químicos, que são pessoas predispostas a esse tipo de doença; Acontece isso tambem com o álcool. Os outros 98% que usam não adoecem por isso. Mas a maconha é porta de entrada, ou "aperitivo" para o uso de drogas mais pesadas, como cocaína, crack e óxi. Podemos até encontrar argumentos que venham a derrubar esses estudos, mas não podemos ignorar que muitos jovens adentram ao mundo das drogas através da maconha. É FATO.

    Sou contra a legalização da maconha.

    Discriminalizar sim, legalizar e regulamentar, não. Uma lei bem feita no sentido da discriminalização proibiria o uso em lugares públicos, o uso por menores, por motoristas e tal, como vem sendo feito com o álcool. Discriminalizar não é liberar o uso irrestrito, muito menos estimular o consumo, mas sim trazer luz sobre um assunto tão escurecido pela ignorância da sociedade em geral.

    Bjs

    ResponderExcluir
  6. É um assunto um tanto delicado, e ainda nao cheguei em uma conclusao para discutir sobre, mas concordando com a Mari, agora o governo nao esta em condições de legalizar as drogas no país, pois, o governo deveria esta se precupando mais com a saúde e educaçao publica, que na minha opiniao só estão piorando.
    Beeijos ;*

    ResponderExcluir
  7. Eu não entendi ainda porque ninguém se une pra fazer passeata pra pedir melhores salários para os nossos educadores,
    Pra fazer o governo acabar com a Cracolândia,
    Pra cuidar das famílias que sofrem a tortura dos vícios,
    Pra restaurar nossa saúde publica,
    Por que será que nossa liberdade de expressão
    Não é utilizada em prol de causas que urgem
    abandonadas, necessárias?

    Muito bom seu post, adorei!
    Beijos,
    Luiza

    ResponderExcluir
  8. Esse é uma assunto muito complexo realmente, e cada um sempre tem um opinião diferente... mas de fato existem problemas muito maiores para serem resolvidos no nosso país, apesar de que o uso da maconha possa também trazer bastante dores de cabeça para os nossos governantes.

    Beijosss

    ResponderExcluir
  9. Eu ainda não consegui ter uma opinião sólida sobre este assunto. Os argumento de ambos os lados (a favor ou contra) são dotados de lógica e, portanto, válidos.
    Penso que ainda falta algum elemento a ser adicionado nessa situação, que talvez resolvesse o impasse.
    Vamos ver...

    ResponderExcluir
  10. Veeerdadee :S
    Não seei como isso se resolverá, mas que seja da maneira mais consciente e que o país esteja preparado para a escolha certa.

    beeijoos, obriigada por comentareem *-*

    ResponderExcluir
  11. Assunto polemico né mari..
    alguns paises já legalizaram a maconha..não sei se foi bom ou ruim, mas ainda não tenho uma opnião formada sobre isso..

    gostei das suaa idéias..

    saudades de vc viu mari..
    vou tentar aparecer mais vezes no blog..
    to sem computador..
    abraços..

    ResponderExcluir
  12. Olá!

    Temos tantos problemas mais graves no país e tem gente preocupado em marchar por isso.

    Temos exemplos de países que lutam por abusos do governo e desfavorecimentos do seu povo, exemplo mais recente é o caso da Grécia que teve um aumento nos impostos pra conter o rombo no país. O povo, contrariado, foi às ruas pra fazer valer seus direitos. Isso sim! Merece aplauso e apoio, não apenas de um velho chato e amargo como eu, mas de todos que prezam por seus direitos.

    Essa é minha opinião.

    ResponderExcluir
  13. Neo Concordo com você. Aqui nós deixamos por isso mesmo, e machamos para coisas tolas.. fúteis.
    Poor isso que os governantes fazem o que querem e nós somos apenas votos que elegem eles a altos cargos.

    beijoos ;*

    ResponderExcluir
  14. na lei antidrogas tem um artigo:
    "Art. 2o Ficam proibidas, em todo o território nacional, as drogas, bem como o plantio, a cultura, a colheita e a exploração de vegetais e substratos dos quais possam ser extraídas ou produzidas drogas, ressalvada a hipótese de autorização legal ou regulamentar, bem como o que estabelece a Convenção de Viena, das Nações Unidas, sobre Substâncias Psicotrópicas, de 1971, a respeito de plantas de uso estritamente ritualístico-religioso.""

    considerando q o uso ca cannabis tem fins religiosos, medicinal e ritualisticos há mais 5000 anos cria uma situação juridica q permitiria o uso para tais fin...
    eu uso cannabis clandestinamente a 20 anos e sempre para meditar e remeter me a uma reflexão interna e mais relaxada.
    há algum tempo tenho cultivado em casa. acho a experiencia de jardinagem muito mais interessante q negociação c vendedores não aurozados q geralmente vendem outras coisinhas... daí o mito de que levaria a outras drogas. o caminho tem q ser outro.

    BA-Rios

    ResponderExcluir
  15. Acredito na descriminalização da droga. Porém para o Brasil tal atitude levaria a muitos prejuízos a partir do momento em que não há Educação e saúde de qualidade para a população... Entre outros problemas como a fiscalização que no país é completamente defeituosa.

    Volto a dizer nada contra a legalização, mas primeiro teríamos que investir em coisas que levam a esse fim.. Ou seria um problema a mais para o país.

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita e antes de tudo sejam bem vindos! *-*
Sintam-se a vontade para deixar opiniões, críticas...
Afinal esse Blog é para vocês;
- Seu comentário é muito importante, só assim saberei no que melhorar.
Beijos para todos ;*