2 Pensamentos
  1. (risos)
    Voltaire tem uma frase sobre essa pouca leitura do povo que eu acho engraçada, mas que é muito verdadeira: "O povo não lê nada. O povo trabalha seis dias por semana e no sétimo vai ao prostíbulo."

    Sobre essas modas, é o que a Joanna de Ângelis fala: as pessoas-espelho.
    Elas são o que as outras pessoas são, porque apenas refletem na sua atitude diária a atitude dos outros, como um espelho.
    Elas não têm personalidade, pois para se sentirem aceitas, apenas repetem o que os outros fazem, sem se questionar se é adequado ou não.

    E assim mudam de atitude a toda hora, sendo em períodos diferentes pessoas diferentes, na proporção que mudam as modas.

    A juventude de hoje tem falta de paradigmas saudáveis em que se basear.
    Eles se espelham em músicos drogados, que falam de coisas eróticas, que fazem apologia à atitudes censuráveis e que são incapazes de dar bons exemplos.
    E que acabam em clínicas de reabilitação, por não serem capazes de lidar com os próprios conflitos.

    Beijos!

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita e antes de tudo sejam bem vindos! *-*
Sintam-se a vontade para deixar opiniões, críticas...
Afinal esse Blog é para vocês;
- Seu comentário é muito importante, só assim saberei no que melhorar.
Beijos para todos ;*